Em meados do século XVIII foi erguida a Capela de Nossa Senhora dos Prazeres. A festa da padroeira, tradicionalmente realizada em setembro, é um importante símbolo da manutenção da identidade dos moradores.

Queima de fogos, fixação das bandeiras do Divino Espírito Santo e de Nossa Senhora dos Prazeres, côrte do Divino, missas, banda de música, entre outras atrações, caracterizam a celebração.

Veja as fotos da festa este ano pelo olhar incrível da fotógrafa  Ane Souz / PMOP.

 



Compartilhe:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *