Desde que o mundo é mundo homens se vestem de mulher como uma forma de arte. Da Grécia antiga, quando nascia o teatro, ao Kabuki no Japão, os papéis femininos eram feitos por homens, já que mulheres eram proibidas de se apresentar no teatro. Os tempos mudaram, a arte drag também.

Drag, aliás, não é como diz a lenda uma anotação que Shakespeare costumava fazer no pé de página de seus textos para se referir a personagens femininos interpretados por homens. Drag vem do verbo em inglês “to drag”, arrastar em português. E se refere ao fato de que as longas roupas femininas arrastavam pelos palcos.

Decidimos então conhecer um pouco Da Vitoria Monroe de Lavras Novas. Com sua arte, a entrevistamos para que vocês também tem o prazer de conhecê-la.

Vitoria Monroe é nascida em Linhares – ES. Foi criada aqui em Lavras Novas conosco. Sempre rodeada da arte, atualmente vive em Ouro Preto se aperfeiçoando na Arte Cênicas da UFOP.

Perguntamos a ela sobre o vídeo maravilhoso que vimos no gramado, dela fazendo uma performance e gostaríamos de saber se terá sempre essa interação com o público que visita Lavras Novas.

Muito atenciosa, nos disse que foi a primeira performance de muitas que gostaria de realizar neste lugar maravilhoso que é a comunidade onde foi criada.

Portal: você faz Arte Cênica na UFOP e morou muitos anos em Lavras Novas. Morar aqui, contribuiu algo para a Vitoria Monroe de hoje?

Vitoria Monroe: Claro. Lavras Novas além de respirar arte, me proporcionou aprender diversas técnicas com outros artistas plásticos encantadores que moram na região. Minha experiência artística foi muito influenciada pela natureza, pelo sublime, grotesco, que podemos identificar facilmente em Lavras Novas. Em relação a atuação, eu tenho certeza que viver em Lavras novas contribuiu muito para minha personalidade, afinal somos um espelho do que vivemos. Quando digo isso, penso na generosidade, no carisma, e no carinho que as pessoas da cidade sempre tiveram por mim. Gostaria de retribuir isso de alguma forma. Retribuir os sorrisos que um dia me foram doados.

Portal: Você acha importante esse trabalho cênico ter sempre na nossa comunidade? Sentimos que a recepção do público foi muito boa. Aliás, parabéns pela interação com a galera.

Vitoria Monroe: Acho de extrema importância esse tipo de apresentação em qualquer lugar do mundo. Ainda existe muita gente preconceituosa que precisa ter contato com tais apresentações do tipo para fim de quebrar suas convicções equivocadas sobre o assunto.
Como aconteceu em Lavras novas, algumas pessoas a princípio estranhavam um pouco, mas depois de algumas palavras trocadas perdiam o medo e conseguiam rir e interagir comigo. E acho que desconstruir qualquer resquício de homofobia para mim se torna um desafio. E eu adoro desafios.
Acho que em Lavras Novas, por a cidade ser romântica e as pessoas sempre estarem em clima de paz facilita muito o trabalho. As pessoas parecem estar abertas as situações. Isso me deixa muito empolgada para apresentar mais vezes em Lavras Novas.

Que ótimo Vitoria. Esperamos sempre ver suas performances por aqui. E pelo mundo!!

Quem quiser contratar a Vitoria para eventos, ela também faz.

A criação é feita junto com o cliente, escolhendo músicas e performances exclusivas.

Em Lavras Novas, esperamos encontrá-la mais vezes nos gramados, becos, cachoeiras “retribuíndo os sorrisos que um dia me foram doados” como ela mesmo diz.

 

Contatos:

vitoriamonroequeen@gmail.com

Telefone:

31 9 89262008

Instagram:

@vitoriamonroequeen

Veja fotos abaixo do seu trabalho:

Fotógrafos:

Frederico Carneiro

Paula Yumi Shimohira

Gessica Ariana Diniz

Luís Roberto Prado Ortega

 

 

 

 



Compartilhe:



2 comentários em “Conheça Vitoria Monroe de Lavras Novas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *